fbpx
domingo, 14 de julho de 2024

Contato

Avanços em políticas para as mulheres dependem dos municípios, diz ministra

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Em seminário sediado na ALMG, Cida Gonçalves recebe demanda de deputadas para implantação em Minas da Casa da Mulher Brasileira.

Feminicídio, ataques de ódio contra as mulheres amplificados pelas redes sociais e maior representatividade delas na política foram questões abordadas nesta terça-feira (9/7/24), em seminário realizado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) com a presença da ministra das Mulheres, Cida Gonçalves.

O tema foi “A importância de garantir políticas públicas para as mulheres nos municípios”, tendo a ministra pontuado que o Brasil vive uma epidemia de feminicídio e que o maior desafio do País nas ações voltadas para as mulheres não está no orçamento, e sim na capilaridade, o que passa por maior envolvimento das cidades.

Segundo Cida Gonçalves, somente 900 dos 5.600 municípios brasileiros tinham instâncias municipais voltadas para as mulheres em 2015, número que no ano passado havia caído para 300.

Fonte: ALMG.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.