quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Contato

Base do Samu é inaugurada em Vespasiano vai atender Confins, Pedro Leopoldo, Matozinhos e São José da Lapa

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e os municípios que fazem parte do Consórcio Intermunicipal Aliança pela Saúde (Cias), inauguraram, na tarde desta terça-feira (19/12), a base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) na microrregião de Vespasiano. O serviço vai atender os municípios de Confins, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Santana do Riacho, São José da Lapa e Vespasiano, beneficiando mais de 370 mil pessoas.

Fábio Marchetto / SES-MG

A base descentralizada faz parte do Samu Regional de Belo Horizonte, composta também pelas microrregiões de Belo Horizonte, Nova Lima, Caeté e Ouro Preto, totalizando 3,9 milhões de pessoas.

“Hoje é um grande dia, pois agora mais de 300 mil pessoas poderão contar com esse importante serviço, com uma equipe treinada, capacitada, com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e com uma regulação capaz de direcionar o paciente para o lugar certo e no menor tempo possível. A implantação da base na microrregião de Vespasiano é um esforço coletivo e mais um passo que estamos dando para transformar o SUS de Minas Gerais”, comemorou o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti.

“Temos uma rede robusta em todo o estado que, além das unidades móveis, conta com três novos helicópteros e dois novos aviões, e estamos trabalhando para que em 2024 tenhamos um serviço universal, completo, para cada um dos mineiros, com 100% de cobertura do Samu 192 em Minas Gerais”, destacou o secretário.

Para o presidente do Consórcio Intermunicipal Aliança para a Saúde e prefeito de Raposos, Sérgio Silveira, a presença do Samu na microrregião de Vespasiano significa uma conquista para a população de toda região. “A implantação do Samu é um sonho e uma conquista para os municípios do Vetor Norte, região que não contava com esse tipo de assistência. É um sonho de mais de 15 anos e que hoje virou realidade. Muitas vidas que transitam e que residem no Vetor Norte serão salvas”, celebrou Silveira.

Com a implantação do serviço regionalizado, toda a microrregião de Vespasiano será atendida, com o recurso de quatro Unidades de Suporte Básico (USB) e uma Unidade de Suporte Avançado (USA), prestando atendimento de urgência ao território. Antes, a população dessa microrregião tinha que se deslocar com recursos próprios em caso de urgência e emergência.

A prefeita de Vespasiano, Ilce Rocha, comemorou a implantação da base. “Há muitos anos esperamos pelo Samu 192. Estamos localizados em um dos trajetos de maior fluxo de pessoas do estado e, por um esforço coletivo, conseguimos contar com esse serviço tão essencial”.

Ela também explicou a regulação do serviço para atender a população dos sete municípios. “O Samu vai funcionar com uma Central de Regulação de Urgências (CRU) única, alocada em Belo Horizonte, e os chamados recebidos pelo 192 serão direcionados à essa CRU, onde uma equipe composta por rádio-operadores, técnicos auxiliares de regulação médica e médicos reguladores conduzirá os atendimentos. O médico regulador, após julgar cada caso, define a resposta mais adequada, seja um conselho médico, ou o envio de uma equipe de atendimento ao local da ocorrência, por meio da unidade móvel que esteja disponível em local mais próximo”, concluiu.

Investimento

Para o Samu Regional Belo Horizonte, a SES-MG repassou mais de R$ 7,3 milhões para investimento e R$ 154 mil de recurso para o custeio. Os valores foram destinados para a aquisição de equipamentos, materiais permanentes e insumos operacionais. Para o município de Vespasiano foi repassado o montante de R$ 945 mil para implantação do serviço. 

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.