Cadê meu Pix? Nubank ‘some’ com transferências e mais app’s têm instabilidade nesta sexta, 5º dia útil

Internautas de diferentes partes do país relatam nas redes sociais, ao longo da tarde de hoje (5), que aplicativos financeiros têm apresentado instabilidade, justo no quinto dia útil do mês. Nubank, Bradesco e Inter foram alguns dos apps listados pelos usuários como instáveis, principalmente na função Pix.

No Downdetector, ferramenta que monitora serviços digitais, o Santander apresentou, por volta das 13h, 493 notificações de instabilidade. O Inter, por sua vez, foi o que registrou mais avisos de mal funcionamento, com pico de 611 anotações, enquanto o Bradesco foi o menor, com 20.

Já o Nubank anotou 258 reclamações no mesmo horário. O BHAZ testou uma transferência via Pix, entre contas da operadora, e o dinheiro levou cerca de 40 minutos para sair de uma conta para outra.

Por conta das instabilidades, usuários dos aplicativos foram às redes sociais para reclamar e, claro, fazer memes com a situação. “O banco Santander nunca decepciona, a gente espera o pior e ele sempre entrega”, escreveu um internauta. “Todo início de mês o Nubank é cheio de falhas. Agora precisando pagar funcionários e o dinheiro que transferi pra minha conta não fica disponível. Difícil assim viu”, disse outro.

“Aplicativo do Bradesco é ridículo, batendo cabeça”, comentou uma usuária do Twitter, também a respeito da instabilidade. “Banco Inter meu querido, o app vai ficar fora do ar até quando?? Preciso pagar minhas contas”, questionou outra usuária sobre o aplicativo do Inter.

Respostas

Ao responder questionamentos de seus usuários, a Nubank explicou, em comentários no Twitter, que uma oscilação foi identificada e que já estão trabalhando para que a falha seja corrigida. Já o Inter e o Bradesco têm respondido ao usuários por meio de mensagens diretas na mesma rede social. O Santander, por sua vez, disse, também em comentário no Twitter, que uma “intermitência” foi identificada nos canais e que o sistema “já está sendo restabelecido”.

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next