COVID-19 avança e Santa Casa de Passos abre mais 10 leitos de UTI

O avanço do novo coronavírus tem preocupado os prefeitos que compõe a Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg). Uma reunião aconteceu nessa segunda-feira (24/01) para traçar estratégias de combate à doença. Para suprir a demanda da região, a Santa Casa de Passos, no Sudoeste de Minas, vai abrir mais 10 leitos de UTI para pacientes com COVID-19.
 
De acordo com Filipe Cardoso Carielo, presidente da Ameg, as cidades de Passos, Carmo do Rio Claro, Cássia, Guapé e Piumhi fazem parte da associação e estão sofrendo com a alta demanda de pessoas infectadas na região e precisando de atendimento.
A referencia de atendimento na região é a Santa Casa de Passos, que já registrou superlotação de leitos durante a pandemia do novo coronavírus. O número de infectados vem crescendo novamente e de, acordo com o último boletim epidemiológico da cidade, um paciente aguarda internação na UPA.
 
“A Ameg apoia a Santa Casa incondicionalmente e sabemos do esforço da Instituição para disponibilizar esses leitos e a Ameg, por meio de seus prefeitos, trabalha para que os governo do estado e federal possam dar o suporte necessário que a Santa Casa precisa”, diz Filipe Cardoso Carielo.
 
Segundo o boletim epidemiológico de Passos, a cidade somou quase 7 mil casos do novo coronavírus no último mês e 6 óbitos em decorrência da doença. Na época, o município não tinha nenhum paciente internado. Mas os dados atuais da prefeitura de Passos mostram que 22 pessoas estão internadas e uma aguarda vaga na UPA da cidade.
 
Os 10 novos leitos se somam aos 20 já existentes.
“Hoje, assumindo mais uma vez o compromisso com a população regional, teremos um ajuste nesse número de leitos, garantindo a assistência dos mais de 20 municípios em que a instituição é referência para atendimento ao COVID-19”, explica Daniel Porto Soares, superintendente geral da Santa Casa de Passos.
 
Alerta geral
 
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) também confirmou que a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus quase dobrou em cerca de 10 dias no Sul de Minas. Dados mostram que, em 14 de janeiro, a taxa de ocupação era de 17,71% e nessa segunda-feira (24/01) saltou para 29,43%. 

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next
error: Conteúdo bloqueado para cópia !!