quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

Contato

Domingo é marcado por violência em BH e região; ao menos seis homicídios foram registrados

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Este domingo (15) foi marcado por violência na Região Central de Minas Gerais. Ao menos seis casos de homicídio foram registrados em Belo Horizonte, outros municípios da Grande BH e em Ouro Preto durante o dia.

Belo Horizonte

Um homem foi morto com vários tiros na Rua Desembargador Mário Matos, no bairro Serra, na Região Centro-Sul da capital mineira. 

De acordo com informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 22h. Três homens em duas motos cercaram a vítima que estava com um amigo também em uma motocicleta. Um dos suspeitos questionou o motivo do rapaz estar olhando estranho para ele, em seguida um deles teria efetuado os disparos contra a vítima.

Segundo informações da testemunha que estava com a vítima, eles estavam voltando de um baile funk que aconteceu no bairro Serra. O motivo do crime ainda é desconhecido. 

Mais cedo, no bairro Serrano, na Região Noroeste de BH, um motorista de aplicativo foi baleado em uma tentativa de assalto (veja vídeo abaixo). Ele morreu horas depois. A informação foi repassada ao g1 por amigos da vítima.

Grande BH

  • Betim

Também nesta noite, um homem foi socorrido pela própria família para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Teresópolis, no bairro Jardim Teresópolis, em Betim. 

Segundo a PM, ele seria uma vítima de agressão e morreu assim que chegou à unidade. 


  • Ribeirão das Neves

Mais cedo, no bairro San Marino, em Ribeirão das Neves, dois corposforam encontrados em uma área de mata, às margens da Estrada dos Mascates. 

Conforme registrado no boletim de ocorrência, as duas vítimas, do sexo masculino, estavam carbonizadas e penduradas em um bambuzal. 

A perícia da Polícia Civil esteve no local, mas devido ao estado dos corpos, não foi possível identificá-los. Eles foram levados para o Instituto Médico Legal (IML). 

  • Contagem

Um outro corpo foi encontrado carbonizado, na tarde deste domingo (15), no bairro Arpoador, em Contagem. 

Segundo a PM, a vítima estava em um lote vago e aparentava ser um sem-teto. A perícia da Polícia Civil esteve no local e não identificou sinais de agressão. 

Ouro Preto 

No distrito de Antônio Pereira, em Ouro Preto, na Região Central de Minas, uma mulher, de 53 anos, foi presa depois de matar o companheiro, de 43. Aos policiais, ela disse que agiu em legítima defesa. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi chamada na Rua Projetada Doze, onde havia um corpo com um corte no pescoço. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou a morte no local.

Aos policiais, testemunhas disseram que a suspeita do crime seria a própria esposa da vítima. Ela chegou a gritar por socorro e fugir, mas decidiu voltar e se entregar à PM. 

A mulher contou que deu uma facada no marido para se defender, pois estava sendo enforcada por ele. O homem ainda teria tentado bater a cabeça dela na parede e também pegou uma faca. 

Ela também disse que o companheiro era usuário de drogas e álcool e que sempre a agredia fisicamente quando usava essas substâncias. 

A faca utilizada no crime foi apreendida. A suspeita foi levada para a UPA de Ouro Preto, onde recebeu atendimento médico, e, em seguida, para prestar depoimento em uma delegacia de plantão da Polícia Civil.

Fonte: Globo Minas.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.