fbpx
domingo, 14 de julho de 2024

Contato

Ex-policial civil se torna réu por queimar vivo ex-delegado em Sete Lagoas

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

A juíza Elise Silveira dos Santos aceitou a denúncia do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e tornou um ex-policial civil réu pelo homicídio do ex-delegado Hudson Maldonado, de 86 anos, queimado vivo em sua casa em Sete Lagoas em 22 de maio. A magistrada considerou haver justa causa para a ação penal e manteve a prisão preventiva do acusado.

A motivação do crime foi a participação da vítima em um Processo Administrativo Disciplinar que resultou na expulsão do ex-policial.

O acusado tem dez dias para responder à acusação e informar se pode contratar advogado.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.