Familiares de menino de sete anos vítima de estupro agridem suspeito

Um homem investigado por estupro de vulnerável contra um menino de sete anos foi agredido por familiares da vítima nessa segunda-feira (20/6), em Paraisópolis, no Sul de Minas. Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito é ex-companheiro da mãe da criança.

Ainda de acordo com a PM, o homem chegou a ser preso em flagrante na última sexta-feira (17/6), quando a mãe do garoto acionou os militares, após tomar conhecimento do possível estupro. Entretanto, ele foi liberado posteriormente.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil para saber detalhes da prisão e da soltura do rapaz, mas ainda não obteve retorno.

Agressão

Nessa segunda-feira, o suspeito acabou agredido no local onde trabalha, em um supermercado, por quatro familiares do menino.

“Segundo eles, o menor de sete anos, vítima de estupro de vulnerável, é sobrinho deles, e o funcionário (do supermercado) seria o autor do estupro. Eles foram conduzidos, assinaram o termo circunstanciado e foram liberados”, explicou a PM.

O caso será investigado pela Polícia Civil. O bairro onde aconteceram a prisão e as agressões não foi informado pela polícia.

 (crédito: Redes Sociais)

Ronaldo Araújo

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next
error: Conteúdo bloqueado para cópia !!