fbpx
terça-feira, 23 de julho de 2024

Contato

Filho chama de ‘Milagre’ a sobrevivência da mãe após ataque brutal em Lagoa Santa

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Na última terça-feira (2), uma mulher de 43 anos sobreviveu após ser esfaqueada cerca de 15 vezes pelo ex-companheiro em Lagoa Santa, região metropolitana de Belo Horizonte. O crime ocorreu na rua Professor Cândido Almeida, na Vila Joana D’Arc. O filho da vítima, de 19 anos, descreveu o estado de saúde da mãe como grave, destacando que as facadas resultaram em mais de 30 cortes.

A vítima havia ido ao antigo emprego, um hotel, para formalizar a rescisão do contrato de trabalho como cozinheira, quando encontrou o ex-marido, de 45 anos, do lado de fora. Câmeras de segurança registraram o ataque. O agressor fugiu, mas foi rapidamente capturado pela Polícia Militar.

Os dois haviam rompido o relacionamento há três anos, e segundo o filho, o ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento, acreditando que a mulher estava envolvida com outras pessoas, apesar de ela não ter tido nenhum relacionamento desde a separação.

A Polícia Civil confirmou a prisão em flagrante do agressor por tentativa de homicídio. Ele foi levado à 2ª Central Estadual do Plantão Digital e, posteriormente, ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. As investigações continuam em andamento.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.