Forças de segurança de Minas apreendem, em média, 40 armas de fogo por dia

As forças de segurança de Minas Gerais apreenderam, em média, 40 armas de fogo por dia nos três primeiros meses de 2022. O balanço foi feito pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), que apontou um total de 3.620 armas recolhidas desde janeiro, num esforço conjunto das polícias Militar e Civil.
 

 
O total, porém, corresponde a uma queda de 48,5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando mais de 7 mil armas voltaram a ficar em poder do Estado. De janeiro a dezembro de 2021, mais de 22,9 mil fuzis haviam sido recuperados. Por sua vez, em todo o ano de 2020, 27 mil armas foram apreendidas em operações ou ocorrências policiais. 

Em Belo Horizonte, o cenário é parecido. Nos três primeiros meses de 2022, as forças policiais apreenderam 521 armas, correspondendo a uma redução de 56,5% com comparativo com o mesmo período do ano passado, que teve quase 1,2 mil fuzis apreendidos.  

Em todo o ano passado, a Sejusp compilou um total de 3.155 armas apreendidas ou recuperadas na capital mineira. Em 2020, cerca 4 mil armas entraram para as estatísticas do Estado, correspondendo a uma queda de 20,2%. A Sejusp ainda não compilou os dados referentes ao mês de abril e ao restante de maio. 

Crimes

 
Na manhã desta terça-feira (17/5), uma denúncia anônima levou a polícia a prender dois homens, de 19 e 23 anos, suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas, no Bairro Salgado Filho, na Região Oeste de Belo Horizonte.
 

De acordo com o denunciante, os suspeitos circulavam pelo bairro ostentando armas. Ao serem abordados, um deles tinha R$ 5 mil em dinheiro, enquanto o outro cerca de R$ 290.

No interior de Minas, a Polícia Militar apreendeu mais uma pistola de calibre 38, usada por um homem para tentar matar o companheiro da ex-esposa, em Governador Valadares. O autor dos disparos foi preso no começo da manhã desta terça-feira (17/5). Além da arma, a polícia apreendeu dois cartuchos deflagrados. 

De acordo com a Polícia Militar, o autor do disparo havia terminado a relação com a esposa da vítima há três anos, mas vivia ameaçando-a. Durante a madrugada, a homem arrombou a porta do quarto da ex-esposa e entrou em vias de fato com o companheiro dela. 

Em Ipatinga, um jovem de 20 anos foi preso na noite deste domingo após suspeita de envolvimento em um homicídio registrado no dia 5 deste mês, no distrito de Cachoeira do Vale, em Timóteo. Dentro do veículo que estava com a vítima, os policiais encontraram duas armas de fogo. O jovem assumiu a propriedade armas apreendidas.

Duas mulheres, de 45 e 65 anos, que estavam no veículo, disseram para os militares que receberam R$ 80 reais para levar o jovem para Ipatinga.

Ronaldo Araújo

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next
error: Conteúdo bloqueado para cópia !!