fbpx
sexta-feira, 14 de junho de 2024

Contato

Homem é suspeito de ‘esfregar’ partes íntimas nas nádegas de mulher em padaria de MG

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Uma mulher denunciou ter sido vítima de importunação sexual em uma padaria em Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, no último domingo (26 de maio). Segundo relatos da vítima, um homem se aproximou dela por trás e “esfregou” as partes íntimas contra suas nádegas. A Polícia Militar (PM) foi acionada e está realizando buscas pelo suspeito.

De acordo com o registro da ocorrência, a mulher estava no estabelecimento quando sentiu o contato indesejado. Ela advertiu o homem sobre as câmeras de segurança e ameaçou acionar a polícia. No entanto, o suspeito pareceu ignorar a advertência, agindo com indiferença diante da situação.

As imagens do circuito de segurança da padaria corroboraram a versão da vítima e revelaram que outra mulher também foi vítima do mesmo homem. Nas imagens, o suspeito, vestindo uma camisa azul-marinho e bermuda jeans, se aproximou das vítimas e cometeu o ato libidinoso.

A primeira vítima relatou ter se sentido profundamente constrangida e amedrontada. Ela conseguiu identificar o nome do suspeito no momento em que ele realizava o pagamento dos produtos adquiridos na padaria.

A Polícia Militar está em busca do suspeito, que ainda não foi localizado até o momento. O crime de importunação sexual está previsto no Código Penal Brasileiro e pode resultar em pena de 1 a 5 anos de reclusão, de acordo com a gravidade do caso.

A delegada Karine Tassara, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Belo Horizonte, destaca que atos como esse configuram importunação sexual e são passíveis de punição legal, visando garantir a segurança e integridade das vítimas.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.