Homem põe fogo na casa, atira no padrasto e é morto pela PM

Um homem de 29 anos foi morto durante um tiroteio em João Pinheiro, no Noroeste de Minas Gerais. Antes disso, ele atirou contra o padrasto idoso e ateou fogo na própria casa. Ainda não se sabe o que causou o surto.

Segundo o que foi relatado à Polícia Militar (PM), ele chegou armado em casa, mas ninguém percebeu. Sem controle, inicialmente o homem colocou fogo no fundos da residência, local onde vivia. A polícia foi chamada.

Parte da família ainda tentava apagar o fogo, mas logo o homem sacou um revólver calibre .38 e deu dois tiros no padrasto, que foi ferido no tórax. Mesmo baleado, o idoso de 70 anos fugiu.

A PM já estava no local quando novamente o atirador tentou acertar o padrasto. Dessa vez, no entanto, ele estava perto dos policiais que atendiam à ocorrência. Em resposta a mais dois disparos feitos, os militares atiraram contra ele.

O homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Ele era vigilante, de acordo com a família. O padrasto sobreviveu.
O fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. A casa dos fundos ficou destruída.

Ronaldo Araújo

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next