Untitled Document
megamenu.js | Last responsive megamenu you'll ever need
jQuery Devrama Slider Demo
Idoso que se perdeu durante escala de voo em Confins é encontrado em BH
Idoso que se perdeu durante escala de voo em Confins é encontrado em BH
Da Redação
Por Dentro de Tudo
Publicada 04/07/2019

Um idoso que estava em um avião que partiu do Ceará com destino a São Paulo acabou se perdendo durante uma conexão no Aeroporto Internacional de Confins, no último sábado (29). Desde então, ele era procurado pela família e foi localizado somente nesta terça-feira (02) pela Polícia Civil e a Guarda Municipal de Belo Horizonte. 

Segundo a Polícia Civil, Luiz Costa, de 67 anos, desembarcou no aeroporto de Confins durante a conexão do voo de Ceará para São Paulo. Familiares do homem contaram que houve um descuido da pessoa que acompanhava o idoso quando ele desceu do avião. Após isso, ele pegou um táxi para Belo Horizonte até a rodoviária, onde se perdeu. 

Nessa segunda (1°), a Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida da Polícia Civil, após monitoramento das redes sociais, identificou o filho do homem e o convidou para confeccionar o cartaz do desaparecimento e prestar mais esclarecimentos sobre o caso. 

Os guardas municipais acabaram localizando o homem nesta terça perto do Zoológico de BH, na região da Pampulha. Ele apresentava fala desconexa e não sabia onde estava. Luiz contou aos agentes que havia chegado à capital mineira no sábado, mas que não sabia ao certo para onde estava indo. Percorreu sozinho a distância entre a rodoviária e o zoológico, dormiu na rua e disse ainda que alguém lhe forneceu cobertores para aguentar o frio durante a noite. 

O filho dele comemorou o reencontro promovido pela Polícia Civil. "Reencontrar o meu pai foi maravilhoso. A gente pensa no pior. O trabalho da Polícia Civil e da Guarda Municipal foi rápido, brilhante. Muito profissionalismo e dedicação das equipes. Nos sentimos acolhidos", disse. 

Segundo o delegado da Polícia Civil, Lucas Coutinho, “é importante o trabalho de divulgação de dados e imagens para a elucidação dos casos de desaparecimento. Sobretudo, fazer o registro imediato do desaparecimento, para que seja lançado o alerta em toda a rede de segurança estadual”.

Fonte: Hoje em Dia.

 Documento sem título
Comentários