Untitled Document
megamenu.js | Last responsive megamenu you'll ever need
jQuery Devrama Slider Demo
São José da Lapa vai ganhar unidade de fábrica de motores de aviões
São José da Lapa vai ganhar unidade de fábrica de motores de aviões
Da Redação
Por Dentro de Tudo
Publicada 05/09/2019

Mais de R$ 60 milhões deverão ser investidos inicialmente na unidade da empresa canadense Pratt Whitney na cidade de São José da Lapa. O governo de Minas Gerais, através das secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e da Fazenda (SEF) assinou um protocolo de intenções com a empresa ontem. As expectativas são de que a companhia se instale no município até dezembro deste ano.

No espaço serão prestados serviços de manutenção aeronáutica. Além disso, também vão ser comercializados peças, partes, entre outros materiais de reposição e reparo de aeronaves. A princípio, deverão ser gerados 13 empregos diretos e mais 17 indiretos.

A unidade ficará próximo ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, e vai funcionar no terreno da IAS – Indústria de Aviação e Serviços. A empresa é, atualmente, uma referência na área aeroespacial e pretende ampliar as suas ações por meio da parceria com a Pratt Whitney.

O secretário adjunto da Sede, Adriano Magalhães, ressalta que a vinda da companhia para o Estado valoriza muito o setor aéreo mineiro e faz com que ele seja um destaque inclusive a nível mundial.

O profissional frisa, ainda, que o Estado já conta com outros importantes investimentos nesse sentido, como os centros de manutenção da Gol e da Azul, por exemplo. “Temos mão de obra especializada e um nível de conhecimento altíssimo”, diz.

Para Magalhães, o fato de a companhia se instalar em Minas Gerais torna o Estado uma referência para atrair mais empresas do setor aeroespacial.

Benefícios – O diretor da Agência de Promoção de Investimentos e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi), Ronaldo Barquette, ressalta que o investimento da Pratt Whitney é algo significativo. O profissional foca como algumas das vantagens, ainda, a diversificação da economia e a geração de empregos de mais qualificação para o Estado.

“A Pratt é reconhecida mundialmente”, enfatiza. “Temos a expectativa de consolidar Minas Gerais como um dos principais polos de manutenção aeronáutica”, diz.

Para isso, ele relata, o Estado tem feito vários esforços para promover o setor. Entre as ações estão parceria com a BH Airport e o esforço para oferecer pacotes de investimentos que sejam interessantes para as organizações, envolvendo um tratamento tributário diferenciado.

“Temos ido, ainda, atrás das próprias empresas e mostramos as diversas vantagens que elas podem ter, inclusive tendo em vista a posição estratégica do Estado”, afirma ele. “A gente trabalha fortemente também para poder atrair mais voos de carga para Minas Gerais”, salienta o profissional.

Fonte: Diário do comércio.

 

 Documento sem título
Comentários