Untitled Document
Buscas
jQuery Devrama Slider Demo
 Minas faz campanha sobre uso da camisinha no Carnaval
Minas faz campanha sobre uso da camisinha no Carnaval
Por Ronaldo Araújo
Repórter
Publicado 09/02/2018

Cuidar da saúde é importante durante todo o ano. Em fevereiro, mês do Carnaval, no entanto, é importante reforçar alguns cuidados especiais. Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) lança a Campanha “A Folia Fica Completa Com Camisinha” e irá distribuir, em todo o Estado, 7.317.704 unidades de preservativos masculinos.

A coordenadora do Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), Aids e Hepatites Virais da SES, Jordana Costa, explica que o objetivo da campanha é focar na prevenção. “É fundamental conscientizar os foliões acerca da prevenção, com orientações para toda a população e distribuição de preservativos”, diz.

Além da distribuição, o Estado também desenvolve ações de prevenção e assistência aos pacientes com infecções sexualmente transmissíveis, a fim de diminuir o número de novos casos e aumentar o diagnóstico precoce dessas doenças.

“O tratamento para HIV/Aids é realizado por meio da terapia antirretroviral fornecido pelo Departamento IST/Adis e Hepatites Virais e a dispensação é realizada pelo estado para os municípios. Desde 1996, o Brasil distribui gratuitamente os medicamentos necessários a todas as pessoas que vivem com HIV e que necessitam de tratamento”, explica a coordenadora.

HIV em Minas

Em Minas, entre 2010 até o início deste mês, foram notificados 30.276 casos de HIV/Aids. A maior concentração de casos de HIV/Aids no Estado está na faixa etária de 20 a 34 anos. A incidência maior entre os mais jovem está ligada, segundo a SES, a diversos fatores, entre eles a baixa idade das primeiras relações sexuais, a variabilidade de parceiros, a falta de prevenção e o uso de drogas ilícitas.

Reportagem: Ronaldo Araújo - Fonte: Agência Minas

 Documento sem título
Comentários
jQuery Devrama Slider Demo