Untitled Document
Buscas
jQuery Devrama Slider Demo
Jovem de Matozinhos que sobreviveu a atropelamento recebe alta em BH
Jovem de Matozinhos que sobreviveu a atropelamento recebe alta em BH
Por Ronaldo Araújo
Repórter
Publicado 15/05/2018

O jovem Ezequiel de Gomes, de 12 anos, que também foi atropelado pela kombi que matou o irmão Ezequias, de 09 anos, em Belo Horizonte, recebeu alta do Hospital Odilon Behrens na tarde desta segunda-feira (14). A confirmação foi dada pelo tio do garoto.

“Graças a Deus ele está bem. Teve fratura na bacia, precisará ficar na cadeira de rodas por um tempo, e bateu a cabeça, mas se recuperou e vai terminar o tratamento na casa dos avós em Mocambeiro”, contou Marcos Alves.

Família pede Justiça – Familiares das vítimas ficaram revoltados com a notícia que o motorista da Kombi havia se apresentado, mas liberado logo em seguida.

"É revoltante uma situação dessa. Sempre foi uma criança tranquila, amigo de todo mundo. A gente nunca pensa que uma coisa assim pode acontecer com alguém próximo. Quando acontece, perdemos o chão. Que seja feita a justiça", disse uma amiga da família.

Motorista em liberdade

Sidney Lages, de 33 anos, que atropelou e matou Ezequias Gomes, de 09 anos, não tem carteira de habilitação, segundo a Polícia Civil. Ele foi ouvido e liberado na quinta-feira (10), por já ter passado o flagrante.

Segundo a corporação, caso as investigações indiquem que o condutor da Kombi foi realmente responsável pelo acidente, ele pode responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - com causas de aumento pela falta de habilitação e pela omissão de socorro. Ele poderá responder ainda por lesão culposa com as mesmas causas de aumento, uma vez que o irmão de Ezequias, de 12 anos, também foi atingido e ficou ferido. No caso da lesão culposa é necessário que um representante legal da vítima faça uma representação.

O caso é investigado pelo delegado Pedro Ribeiro, da Delegacia Especializada de Acidentes de Veículos (Deav), onde o homem se apresentou na companhia de um advogado. Segundo a polícia, para não atrapalhar as investigações, o teor do depoimento não será divulgado.

O caso 

Na última terça-feira (8), Ezequias voltava da escola com o irmão quando foi atingido pela Kombi.

Populares contaram à Polícia Militar que o veículo não teria respeitado uma placa de "Pare" na rua Novo Mundo, foi atingido por um caminhão que seguia pela rua Guararapes e só parou no passeio, onde os irmãos estavam. Moreira saiu do local do acidente sem prestar socorro às vítimas.

O corpo da criança foi sepultado em Mocambeiro, distrito de Matozinhos, na quarta.

Reportagem: Ronaldo Araújo.

 Documento sem título
Comentários