Untitled Document
Buscas
jQuery Devrama Slider Demo
Por causa de poeira, moradores improvisam quebra-mola na rua Sabatine Del Boccio, em Matozinhos
Por causa de poeira, moradores improvisam quebra-mola na rua Sabatine Del Boccio, em Matozinhos
Por Ronaldo Araújo
Repórter
Publicado 11/09/2018

Moradores da rua Sabatine Del Boccio, que liga os bairros Estação e Vista Alegre, em Matozinhos, improvisaram um quebra-mola de terra na manhã desta segunda-feira (10). Eles reclamam da poeira na via, em decorrência da reconstrução da via, e cobram que o caminhão pipa molhe o trecho diariamente.

“A obra está sendo executada na parte de cima da rua. Porém, onde tem moradores está muita poeira. Os carros passam em alta velocidade. Colocamos um quebra-mola de terra. Precisamos que o caminhão pipa jogue água pelo menos três vezes ao dia”, disse Ederson Carlos, que estava construindo a lombada.

Segundo Edson Brito, três moradores da rua fazem uso de oxigênio – inclusive o caminhão estava reabastecendo as casas no momento da reportagem – e a poeira gera ainda mais complicações. “A obra é importante para nós, mas é preciso que olhem essa poeira. Os motoristas precisam ter consciência e reduzirem a velocidade. Da maneira que está, é um absurdo. Três moradores com problemas respiratórios e ‘comendo poeira’”.

A reportagem do Por Dentro de Tudo esteve na varanda de uma residência que estava imunda de poeira (foto abaixo). “Lavamos tudo ontem (domingo) e olha o estado que se encontra. A gente limpa e minutos depois fica tudo sujo”, criticou Luciene Dias.

Resposta da Prefeitura - A Prefeitura de Matozinhos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, informa que a empresa que realiza a obra de drenagem e pavimentação da Rua Sabatine Del Boccio disponibiliza um caminhão pipa. Os moradores que necessitarem do serviço deverão solicitar diretamente na secretaria pelos contatos 3712- 5538 e 3712-5599.

Sobre a obra – A ordem de serviço para o início da reconstrução da rua Sabatine Del Boccio foi assinada no final de abril com previsão para conclusão em 6 meses, ou seja, término previsto para final de Outubro. Serão realizados serviços de drenagem, pavimentação e sinalização. A obra está avaliada em mais de R$ 2 milhões.

Reportagem: Ronaldo Araújo.

 Documento sem título
Comentários