sábado, 24 de fevereiro de 2024

Contato

Matozinhos, São José da Lapa e outros 8 municípios de MG já decretaram emergência por dengue e chikungunya

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Dez municípios de Minas Gerais já decretaram situação de emergência devido ao aumento de diagnósticos de dengue e chikungunya. O Estado, segundo o Painel de Monitoramento, contabiliza 54.634 casos e 12 mortes por dengue e 12.498 diagnósticos de chikungunya e um óbito até esta sexta-feira (9 de fevereiro). 

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) esclareceu que o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde já recebeu os decretos de emergência dos seguintes municípios:

  • Juatuba, 
  • São José da Lapa, 
  • Crucilândia, 
  • Bocaiúva, 
  • Matozinhos, 
  • Monte Belo, 
  • Ponto Chique, 
  • Santa Luzia e
  • Glaucilândia.

Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, também decretou emergência em 26 de janeiro, após o setor de epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde mostrar elevação de casos de dengue e chikungunya, bem como a demanda por atendimento médico. O município deve constar na lista do Estado nos próximos dias. 

‘Explosão de casos’

A prefeitura de Matozinhos, também na Grande BH, decretou emergência após o mês de janeiro registrar uma “explosão de casos”. Conforme a SES-MG, a cidade tem 957 casos de dengue e 12 de chikungunya.    

“A emergência declarada autoriza a adoção de medidas necessárias ao combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti e ao controle das doenças causadas pelos vírus, em especial, aquisição de insumos e materiais. Além da contratação de serviços estritamente necessários ao atendimento da situação emergencial, de acordo com o que estabelece a legislação aplicável às licitações e contratos administrativos”, esclareceu o Executivo municipal. 

Fonte: O Tempo.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.