Minas pagará auxílio emergencial de R$ 39 para moradores em situação de extrema pobreza

 Minas pagará auxílio emergencial de R$ 39 para moradores em situação de extrema pobreza
Anuncie no Por Dentro de Tudo

O governador Romeu Zema (Novo) criou uma renda temporária para ajudar os mineiros que vivem em situação de extrema pobreza. Os beneficiários, conforme o Estado, vão receber R$ 39 para complementar a renda familiar durante a pandemia. Terão direito ao auxílio quem tem renda de até R$ 89. Além disso, é preciso estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do governo Federal.

O decreto com as especificações foi publicado nesta sexta-feira (11) no Diário Oficial. Conforme o documento, a renda emergencial temporária terá duração de três meses. Mas o repasse poderá ser prorrogado “enquanto durar o estado de emergência em saúde pública decorrente da pandemia do Coronavírus–COVID-19”.

De acordo com o governo de Minas, o auxílio será pago a cada um que atenda aos requisitos. “As famílias que possuírem mais de uma pessoa elegível ao recebimento da renda emergencial temporária terão todos os seus benefícios pagos ao responsável familiar”, detalhou o governo.

A Subsecretaria de Assistência Social da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) será a responsável pelo repasse. A pasta poderá contratar uma empresa especializada para realizar o pagamento da renda emergencial.


error: Conteúdo bloqueado para cópia !!