sábado, 13 de abril de 2024

Contato

Mulher perde guarda de cachorro após pedir para abatê-lo em açougue

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Tobías é um cachorro da raça golden retriever de 9 anos que foi salvo por um grupo de protetores de animais após sua tutora tentar matá-lo. A mulher de 51 anos foi até um açougue e perguntou se eles poderiam abater o cão. O caso aconteceu em La Plata, em Buenos Aires, na Argentina.

Após o ocorrido, a mulher foi parar na delegacia e disse que o abate era um “costume do campo”. Ela ainda afirmou aos funcionários do açougue que Tobías tinha poucos dias de vida e, por isso, queria que eles realizassem o trabalho de abater o animal, que não apresentava nenhuma patologia terminal.

“Não entendo qual é o problema. Deixe-me explicar. Meu pai e meu avô são do campo. Eles sempre trabalharam no hipódromo. Quando o cavalo atinge uma certa idade, ele é enviado para o abate”, disse a mulher ao ser questionada por um dos resgatadores.

Trecho do vídeo em que aparece Tobías

Eles ficaram ainda mais espantados quando ela explicou o que entendia por “abate”. “É como a vaca. Primeiro você retira a pele, depois esfola e usa a carne. Isso é feito com os animais”. E completou: “Eu vi que ele já estava em idade… É um bom cachorro, faz cocô bom, tem bons dentes.”

Denúncia

A intervenção foi feita por um grupo de vizinhos protetores da região, policiais e os próprios resgatadores, que foram até a casa da mulher e pegaram Tobías.

O cachorro foi colocado em uma gaiola de transporte e levado para a delegacia, onde foi registrada uma denúncia de maus-tratos a animais. Nessa hora, a mulher, que também compareceu à delegacia, falou: “Adeus, Toto”.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.