fbpx
sexta-feira, 14 de junho de 2024

Contato

O Que uma Xícara de Café Faz Dentro do Seu Corpo Minuto a Minuto

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

O café é uma parte indispensável da rotina de muitas pessoas. Seja uma xícara ao acordar ou outra após o almoço, a cafeína é um auxílio essencial para enfrentar o dia. Mas, o que exatamente acontece no corpo após a ingestão do café?

De acordo com uma reportagem do DailyMail, os efeitos do café começam a se manifestar apenas 10 minutos após o primeiro gole. Duane Mellor, da Associação Dietética Britânica, explica que essa rapidez se deve à absorção da cafeína na corrente sanguínea, que ocorre principalmente no intestino delgado.

Minuto a Minuto: O Impacto do Café no Corpo

10 Minutos

Logo após o consumo, a cafeína começa a ser absorvida, proporcionando uma sensação de energia. Mellor esclarece que essa energia não é real, pois a cafeína bloqueia os receptores de adenosina, uma substância que causa cansaço, fazendo com que a pessoa se sinta mais desperta.

20-30 Minutos

A pressão arterial aumenta, um efeito que pode durar até quatro horas. A cafeína faz com que os vasos sanguíneos se contraiam e a frequência cardíaca suba. Este efeito é temporário, mas é por isso que as autoridades de saúde recomendam não consumir mais de quatro xícaras de café por dia.

45 Minutos

Os efeitos da cafeína atingem o pico, proporcionando os maiores benefícios em termos de energia e concentração. Este é o momento em que se desfruta do máximo de alerta proporcionado pelo café.

1 Hora

Após uma hora, começa a surgir o efeito diurético da cafeína. O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido explica que a cafeína inibe a produção do hormônio antidiurético (ADH), fazendo com que os rins não reabsorvam tanta água e aumentando a vontade de urinar. Além disso, a cafeína pode intensificar as contrações do cólon, acelerando o movimento intestinal e aumentando a necessidade de evacuar.

Metabolização da Cafeína

O tempo que a cafeína leva para ser metabolizada varia de pessoa para pessoa, mas para a maioria, os efeitos estimuladores começam a desaparecer uma ou duas horas após o consumo. Mesmo não sendo completamente eliminada do organismo – já que pode permanecer até 12 horas no corpo – a sensação de cansaço retorna à medida que a adenosina começa a se ligar novamente aos seus receptores, provocando fadiga.

Conclusão

O café, embora seja uma fonte rápida de energia, age principalmente bloqueando os sinais de cansaço do corpo. A absorção rápida e os efeitos subsequentes, como o aumento da pressão arterial e os efeitos diuréticos, demonstram a complexidade do impacto do café no organismo. Portanto, é importante consumir a bebida com moderação para aproveitar seus benefícios sem sofrer seus possíveis efeitos colaterais.

FONTE: O GLOBO.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.