Polícia de Meio Ambiente descobre área de desmatamento e exploração

A Polícia Militar de Meio Ambiente detectou, em Santana do Pirapama, na área central de Minas Gerais, um desmatamento ilegal de mata nativa do bioma, numa área de 12 hectares, onde era exercida a atividade ilegal de extração de mármore. No local, também foram encontrados explosivos e material usado para essa prática.

Segundo o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar de Meio Ambiente, a fiscalização fez parte da Operação Corpus Christi. Ao chegar ao local, os militares mediram a área atingida e descobriram uma trilha que levou a um container, onde foram encontrados os explosivos, oito metros de cordel detonante, oito metros de estopim e 58 espoletas.

O responsável pelo local não estava presente e os policiais conseguiram contato com ele por telefone. O homem negou o uso de explosivos para detonar as pedras, mas não soube explicar por que o material estava no local.

Uma equipe do esquadrão antibombas da PM esteve no local. O vigia da empresa foi detido para prestar esclarecimentos. Também foi lavrada uma notificação para posterior apresentação da licença para o desmatamento, assim como a apresentação da documentação alusiva ao processo minerário.

 

Ronaldo Araújo

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next
error: Conteúdo bloqueado para cópia !!