fbpx
quinta-feira, 30 de maio de 2024

Contato

Prefeitura de Capim Branco repudia ato de vandalismo contra projeto de preservação ambiental

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

A Prefeitura de Capim Branco, por meio do Setor de Meio Ambiente, divulgou uma nota pública expressando seu profundo repúdio ao ato de vandalismo que resultou na destruição completa de um container do Projeto Transformar, situado na Avenida Brasília, no bairro Represa. Este projeto tem como missão a promoção da coleta seletiva de resíduos e a reciclagem, com o intuito de minimizar o impacto ambiental no município.

O container, que foi incendiado, desempenhava um papel essencial na iniciativa, que é uma parceria entre a Prefeitura e a comunidade de Capim Branco. O projeto visa contribuir significativamente para a redução do impacto ambiental causado pelos resíduos sólidos no território do município. A destruição deste equipamento representa um retrocesso inaceitável nesse esforço conjunto.

O ato de vandalismo vai muito além da destruição da infraestrutura pública e do investimento realizado. Ele também tem sérios impactos negativos sobre o meio ambiente, uma vez que a queima de materiais plásticos e outros resíduos tóxicos libera substâncias poluentes na atmosfera e no solo, prejudicando a qualidade do ar e dos recursos naturais locais.

Além disso, esse incidente reflete uma completa falta de consciência ambiental e cidadania, indo de encontro aos princípios de convivência comunitária, responsabilidade social e respeito ao patrimônio coletivo. A Prefeitura de Capim Branco exorta a população a denunciar quaisquer atos de vandalismo ou depredação de bens públicos, a fim de construir uma comunidade mais consciente e comprometida com a preservação do meio ambiente.

A Prefeitura tomará todas as medidas necessárias para reparar os danos e restabelecer o container do Projeto Transformar o mais rapidamente possível. Além disso, buscará o apoio das autoridades competentes na investigação e identificação dos responsáveis por este ato criminoso, para que sejam responsabilizados perante a lei.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.