Proprietários e dois funcionários da clínica de reabilitação interditada em Matozinhos são presos, diz Polícia Civil

 Proprietários e dois funcionários da clínica de reabilitação interditada em Matozinhos são presos, diz Polícia Civil
Anuncie no Por Dentro de Tudo

A Polícia Civil, através da Delegacia de Matozinhos, informou que quatro pessoas foram presas em flagrante delito, sendo os proprietários e dois funcionários pelo crime de cárcere privado, após a apuração de denúncias de maus-tratos na clínica de reabilitação de pessoas com dependência química, localizada no bairro Bom Jesus. A intervenção, realizada na quinta-feira (13), contou a participação da Polícia Militar, Polícia Penal, equipe da  Fiscalização de Tributos e Meio Ambiente da Prefeitura, Vigilância Sanitária e Obras. 

As investigações para apurar às práticas de agressões física e psicológica, ameaça e sedação de internos de forma involuntária seguem em andamento.

Conforme informado pela assessoria de comunicação da Prefeitura, havia cerca de 70 pessoas internadas, entre jovens e idosos. Duas delas com a saúde bastante debilitada e com sintomas gripais severos, sendo transferidos imediatamente para a UPA do município para avaliação e tratamento. 

Outro fato que chamou a atenção é que a própria clínica comercializava produtos como cigarros, palheiros, fumo, numa espécie de minimercado. Além disso, medicamentos de uso controlado foram encontrados em vários pontos da casa. 

Após a ação, a clínica foi interditada e os responsáveis serão investigados.


error: Conteúdo bloqueado para cópia !!