Tecnologia 5G: Aeroporto de confins terá primeiro laboratório de teste no Brasil

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (Confins), em Minas Gerais vai abrir as portas para experimentar as novidades que a tecnologia 5G podem proporcionar ao setor da aviação.

Está previsto para ser inaugurado no segundo semestre deste ano um laboratório para testar as aplicações do 5G.

É a primeira iniciativa desse tipo no Brasil e já há negociações em andamento para atrair parceiros como Vivo, Huawei e PUC Minas.

Com o 5G, seria possível identificar os passageiros por reconhecimento facial e escanear as bagagens rapidamente, eliminando filas para entrada na área de embarque. Ou até mesmo rastrear malas em tempo real, minimizando riscos de extravio.

A prioridade do laboratório será a pesquisa nas áreas de segurança, logística e mobilidade urbana.

Se os resultados forem promissores, o grupo responsável pela administração do aeroporto (consórcio formado pela CCR e Zurich) pretende replicar as iniciativas em outras unidades.

A inspiração é o Aeroporto Internacional de Shenzhen, na China, onde boa parte dessas aplicações já é realidade.

Publicidade

Previous
Next
error: Conteúdo bloqueado para cópia !!