BH: jiboia de quase 2 metros é vista perto do Mercado Central

Uma Jiboia de aproximadamente dois metros foi vista na tarde desta segunda-feira (1/8) nas proximidades do Mercado Central, no Centro de Belo Horizonte. O animal já é “famoso” entre os moradores da região.

De acordo com o Superintendente do Mercado, Luiz Carlos Braga, a cobra não chegou a entrar no edifício, mas pertence a uma cliente que possui autorização para domesticar a serpente.

Trata-se da jiboia de estimação que transita pela Região Central da capital mineira, em um carrinho de bebê. A tutora, Mônica Cunha, de aproximadamente 62 anos, viralizou nas redes sociais em setembro de 2020, ao ser flagrada soltando seu “pet” em um gramado localizado na esquina das ruas dos Tupis e Rio de Janeiro.

A mulher ainda possui outras duas jiboias de estimação. Luiz Carlos informou que ela tem cobrado R$ 2 para aqueles que desejam fotografar os animais.

Domesticação é permitida pelo Ibama

De acordo com o Ibama, para se ter uma cobra em casa é necessário que o animal não possua veneno e seja adquirido em um local autorizado pelo órgão ambiental estadual, sendo oriundo de um criadouro legal.

 
É, também, necessário apresentar um protocolo que garanta a segurança no manuseio do animal e medidas para manter o ambiente adaptado.

O órgão explica que espécies peçonhentas podem ser mantidas apenas em locais habilitados, como centros de pesquisa.
 

Ronaldo Araújo

Outras notícias:

Publicidade

Previous
Next