Untitled Document
Buscas
jQuery Devrama Slider Demo
Projeto que autoriza pagamento de despesas para vereadores e funcionários em Brasília é aprovado em Matozinhos
Projeto que autoriza pagamento de despesas para vereadores e funcionários em Brasília é aprovado em Matozinhos
O projeto foi aprovado por 10 votos favoráveis e dois contrários (José Miguel e Vinícius Araújo).
Por Ronaldo Araújo
Repórter
Publicado 10/04/2018

Foi aprovado em turno único, na reunião ordinária desta segunda-feira (10), o projeto de resolução 303/2018, que autoriza a participação e a liberação de diárias para a cobertura de despesas de vereadores e funcionários à 6ª Mobilização Nacional de Vereadores em Brasília., que será realizada entre os dias 17 e 20 de abril. Com isso, sete vereadores e três servidores irão à capital federal por conta do Legislativo, sendo que os funcionários terão que arcar com as passagens aéreas.

O único a se pronunciar sobre o projeto foi o Presidente Sidirley Bento, que justificou a viagem como uma oportunidade para os colegas de plenário estarem se capacitando.

“Em 2013, quando cheguei à Câmara Municipal tive uma surpresa tremenda. Todo o conhecimento que tinha foi ao chão, comecei a frequentar fóruns e conferências, mas tiver inúmeras dificuldades para ter esse conhecimento. Hoje, eu faço questão que nossos representantes tenham essa oportunidade. Como Presidente do Legislativo eu poderia simplesmente levar os vereadores, pois está dentro da deliberação da mesa, mas não fiz desta forma. Criamos o projeto para dar transparência e no nosso retorno estaremos esclarecendo tudo que foi feito com todos os gastos e, quem sabe, com boas novidades. Vamos bater na porta de cada deputado e alguns deles vão atender nossos pedidos”.

O advogado Luciano Pereira foi um dos poucos interessados da população a participar da reunião. Para ele, o projeto é legal. “Não vejo ilegalidade. A finalidade é lícita e o objetivo também. É normal e muitas câmaras já fizeram isso. Não tenho nada contrário ao projeto. Não vejo como imoral, pois a função do vereador é legislar e para isso é preciso ter preparo técnico que só se adquire através de cursos, formação e estudos. O próprio regimento da câmara já dispõe para isso. A lei que dispõe sobre isso é muito clara que terão que prestar contas e se houver algo fora do normal, ai sim terá que ser fiscalizado”, disse.

Votos: O projeto foi aprovado por 10 votos favoráveis e dois contrários (José Miguel e Vinícius Araújo).

Quem vai viajar a Brasília: Conforme consta no projeto, farão a viagem os vereadores: Sidirley Bento, Márcio Antônio, André Barbosa, Antônio Nilson, Adilson Alves, Walexandre de Paula, Cosme Luiz e mais três funcionários.

Reportagem: Ronaldo Araújo.  

 Documento sem título
Comentários