sábado, 13 de abril de 2024

Contato

Sete Lagoas tem mais óbitos por dengue e chikungunya, segundo autoridades de saúde

Por Dentro De Tudo:

Compartilhe

Sete Lagoas atinge tristes marcas: são confirmados mortes por dengue e chikungunya, através de dados dos órgãos de saúde estadual e federal. Os dados foram atualizados nessa quinta-feira (28).

Um jovem masculino de faixa etária entre 10 a 19 anos é a mais nova vítima por dengue na cidade; seu óbito foi confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde na quarta-feira (27). De acordo com a pasta estadual, todas as vítimas tinham comorbidades autoimunes.

De acordo com o Boletim de Arboviroses do Ministério da Saúde, são 5.484 casos confirmados de dengue, com 6.249 sob investigação.

Chikungunya

Sete Lagoas teve confirmado mais duas mortes por chikungunya, subindo para dez o número de vítimas que padeceram pela doença. Os dois óbitos são de homens na faixa de 40 a 49 anos, e dos 70 a 79 anos. Uma outro caso está sob investigação das centrais de saúde.

São 7.518 casos positivados por chikungunya, e 8.190 prováveis, segundo dados do Ministério da Saúde.

Fonte: Sete Lagoas.

Encontre uma reportagem

Aprimoramos sua experiência de navegação em nosso site por meio do uso de cookies e outras tecnologias, em conformidade com a Política de Privacidade.