Secretário de Saúde de PL representou os municípios mineiros em reunião com Governador de MG e o Ministro da Saúde

 Secretário de Saúde de PL representou os municípios mineiros em reunião com Governador de MG e o Ministro da Saúde
Anuncie no Por Dentro de Tudo

Em debate promovido pela Câmara Federal, nesta terça-feira (21), por videoconferência, o Secretário de Saúde de Pedro Leopoldo, Fabrício Simões, que estava representando os municípios mineiros, pediu que os leitos cuja habilitação ainda não foi feita pelo Ministério da Saúde sejam credenciados. Além disso, o profissional de saúde cobrou ações rápidas para que os medicamentos anestésicos sejam feitos por laboratórios públicos, uma vez que os laboratórios privados não estão dando conta da demanda, e pediu agilidade no envio de respiradores.

“São 473 leitos ainda não credenciados pelo Governo Federal em Minas. Sobre os equipamentos, eles não estão chegando aos municípios como deveriam, e essa foram algumas das cobranças”, explicou Fabrício.

O Secretário de Atenção Especializada em Saúde da pasta federal, coronel Luiz Otávio Franco Duarte, garantiu que não há empecilhos para habilitar as vagas que se enquadram nos critérios necessários. “Só não vamos habilitar leitos de UTI que não têm equipe ou que sejam de suporte ventilatório”, afirmou, pedindo ao secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, que converse com o ministério para oficializar o funcionamento dos leitos ainda não credenciados.

A videoconferência foi feita de Pedro Leopoldo, com a cúpula do Governo de Minas Gerais, e o Governo Federal. Além de Simões, participaram da reunião por videoconferência o Prefeito Cristiano Marião, o Secretário Estadual de Saúde, Carlos Amaral, o Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e o Secretário de Atenção Especializada em Saúde da pasta federal, coronel Luiz Otávio Franco Duarte.

Leitos na pauta – Na última segunda-feira, durante reunião na Câmera de Vereadores de Pedro Leopoldo, Simões revelou que solicitou a habilitação de 10 novos leitos de UTI para a cidade. “Já solicitamos a inclusão da cidade no plano macrorregional e poderemos ter mais 10 leitos de UTI”, informou.




error: Conteúdo bloqueado para cópia !!